24 de junho de 2016

ACEITARÁ O PEDIDO?

Época de santos populares tem de ser festejada. E ele pedi-la-á em casamento!
Chega o dia das marchas. As fogueiras crepitam e os balões matizam o ar, soprados pelo vento que veio para a festa. Os manjericos vaidosos ostentam as suas quadras e perfumam o pátio. 
Muitas sardinhas e demasiadas canecas depois… 
Estão no meio do bailarico e ele mal se segura. Ela não quer ficar solteira mas, casará com um homem que lhe pisa os pés? 

Enviar um comentário