2 de novembro de 2015

POR ISSO ME ESCREVI...

Fazer soltar palavras adormecidas é tarefa de herói.
Eles mostram-se renitentes, escusam-se a usá-las pois são muito novos, inexperientes. Primeiro, têm de encontrar as palavras certas na densa floresta onde habitam. Depois, têm de aprender a acariciá-las e beijá-las (como príncipe que desperta a Bela Adormecida), devagarinho, para não estremunharem nem estranharem sair do sono profundo. 
Foi assim que tudo começou. Ensinar os jovens a escrever. Provocar. Insistir. Não desistir. 
E foi por isso que me escrevi.

Enviar um comentário