13 de março de 2015

MULHERES!

Chegaram. Entraram ruidosamente. Juntaram mesas. Arrastaram cadeiras. Sentaram-se. Riram alto. Falaram mais alto. Mataram o silêncio morno daquela confeitaria. Encomendaram. “Três cafés cheios e três normais”. E um bolo. Para as seis. Vieram os cafés. Três cheios, três normais. E um bolo. Uma fatia de red velvet, corpo vermelho de branco vestido. Matematicamente dividida em seis porções iguais. Não caberia mais nas ancas largas, nas barrigas proeminentes, nas coxas roliças, nos seios XL escondidos nos largos aventais.

Enviar um comentário