1 de agosto de 2014

VERÃO

Não há duas sem três: o desafio nº71 das 77palavras é mesmo tentador. Cá fica o segundo.

Ele chegou.
Ela despiu-se, célere.
Ele beijou-lhe o rosto.
Ela deitou-se na areia molhada.
Ele demorou-se no corpo nu estendido.
O mar chamou-a e ela levantou-se, indolente.
Caminhou, mar adentro, e molhou o corpo quente.
Deixou-se abraçar pela espuma e namorou as ondas rebeldes.
Regressou, olhou-o através dos óculos escuros e entregou-se toda inteira.
Ele prolongou o beijo e inventou carícias, a pretexto do frio.
...
Que bom é sentir o sol, num dia preguiçoso deste imprevisível verão!
Enviar um comentário