13 de outubro de 2016

EXERCÍCIO DE ESCRITA CRIATIVA 1

O exercício consistia em escrever durante cinco minutos seguidos, sem pausas, sem levantar a caneta. Saiu assim: 

Escrever pensamentos. Bonito! E eles onde andam? O dia está lindo, o sol espreita, o azul do céu espreita, a janela lavada, transparente, deixa que estes intrusos se intrometam na sala. Nem sequer foram convidados para o workshop e insistem em entrar, querem levar-me. Não posso chamar o segurança, de nada adiantaria, está de folga, hoje é sábado, é dia de descanso, e eu trabalho, ou melhor, deveria pôr o cérebro a trabalhar, mas ele não quer, está mais focado na janela transparente, no sol que espreita, no azul do céu que espreita, agora foi um pássaro que espreitou e piou e convidou, anda cá para fora, vem passear, ver umas montras, ou melhor, vem para o parque, estamos lá, eu, os outros pássaros da família, o azul do céu, o sol, a aragem fresca do outono. E também lá estão as folhas das árvores que começam a despedir-se e fazem um tapete que podes calcar ou deitar-te nele…
Enviar um comentário