12 de outubro de 2014

O LADO BOM DA VIDA


Lembro-me demasiado bem disso!
Estava furiosa, queria atropelá-lo porque a humilhara. Desconfiada, achava que todos à sua volta a traíam. 
Lembro-me demasiado bem disso! 
A conjuntura económica tirava-lhe o sono. Obcecada com o trabalho, não tinha tempo para nada. Tudo a deprimia e tinha uma certeza: a vida não valia a pena. 
Chegara a altura de a fazer sorrir novamente. Lembro-me demasiado bem disso! 
– Encontra o lado bom da vida. Ele existe. Queres encontrá-lo ao meu lado?



Desafio RS nº 18 da Margarida Fonseca Santos – frases repetidas no texto
Enviar um comentário